É importante se sentir bem nas roupas que vestimos ou é frescura?

Escolher uma roupa é um exercício psicológico, certo? A gente acorda, pensa, sente como está o clima, o humor, para onde iremos, se estamos no nosso peso ideal, se queremos agradar ou impressionar alguém, etc. Tudo isso é levado em conta na hora que a gente para diante do nosso closet e pensa! Às vezes, a gente pensa muitoooo, às vezes, está tão apressada que nem dá tempo de levar tudo isso em consideração. Mas, tem uma coisa que precisa existir nesse espaço entre a escolha e o vestir da roupa: se sentir bem! A importância de se sentir bem nas roupas é tão grande que é ela que deve direcionar nossas escolhas. Quando a gente dá aquela olhadinha no espelho, na verdade, está querendo sentir a roupa, ver se ela está confortável, se ela representa a imagem que queremos passar, a gente está querendo “se sentir” (ahahah).

Se quiser, faça o teste na hora de se vestir e pergunte-se a si mesmo: “Eu estou me sentindo bem com essa roupa? Ela me favorece, me deixa mais bonita, enaltece as minhas qualidades? Me traz conforto e vontade de ficar com ela o dia inteiro? ”. Se a resposta for sim a maioria das perguntas, fique com ela! Afinal, é para isso que a gente se cobre. Claro que tem todas as questões climáticas, mas a intenção principal mesmo é mostrar aos outros quem somos com o máximo de bem-estar possível. Porque, se nessa hora a gente consegue se sentir bem, maravilha! O objetivo foi alcançado. Roupa é para isso mesmo. Para a gente se sentir bem, sempre. Nunca deixe uma roupa lhe botar para baixo ou lhe deixar com autoestima baixa. A roupa que a gente escolha precisa jogar nossa autoestima nas alturas. Se ela não faz, desfaça-se dela urgente. Doe-a, reforme-a, mas se livre dela. Não importa se ela foi cara, se está na capa das revistas ou se é o grito da moda, se você não se sente bem, get rid of!!

À medida que a gente vai amadurecendo, vai se conhecendo melhor e, com isso, vai sabendo fazer melhor nossas escolhas. Isso inclui tudo, inclusive, nossas escolhas de moda, as roupas, os acessórios, o corte de cabelo e até a makeup. Não permita que os outros imponham nada, a escolha de sentir bem é só sua. Então, na hora que você acordar, lembre-se de que a única coisa que importa mesmo é se sentir bem!

Se quiser saber um pouco mais sobre como se vestir de forma descomplicada, venha conhecer nosso canal no Youtube: Valeria Didier Coach.

Um forte abraço,

Valery Didier
Foto: Reprodução

Comentários

Comentários